segunda-feira, 6 de abril de 2009

31/03 - Fernando de Noronha

Chegamos em Natal e fomos recebidos por uma amiga, quase irmã, a Claudinha. Eu estava morrendo de saudades, pois ela se mudou de Brasília e já faz uns 6 meses que está morando em Natal com o marido (Márcio). Foi uma emoção muito grande encontrá-los deixamos o carro na casa deles e no outro dia pegamos um vôo para a tão sonhada Noronha! Gente vcs não imaginam a carinha de todos que entravam naquele avião, todos tiravam fotos de tudo, do avião, da aeromoça, da decolagem, parecia um monte de gente que nunca tinha andado de avião...(risos) Isso por causa da expectativa criada quando se fala em Fernando de Noronha, mas preciso dizer a vcs que TODAS as expectativas foram muuuito bem superadas em todos os aspectos. E nada melhor do que as imagens pra mostrar um pouquinho do que eu estou falando. Ressaltando que mesmo usando todos os recursos da nossa máquina, inclusive o manual, não consegui fazer nenhuma foto com a mesma beleza e cor que os meus olhos viam. (não estou exagerando)...rs Então sem mais delongas vamos a nossa história em Noronha...



Aeroporto de Natal - Rumo a Noronha
Quando chegamos em Noronha fomos recebidos pelo irmão Maurício, ele é o dono da pousada que ficamos hospedados e também presidente da igreja Batista de lá. Não existe igreja Adventista na ilha, por isso o Pr. Jurandir (Pr. adventista de Noronha) fez contato com os batistas para que pudéssemos cantar na igreja deles. E graças a Deus tudo deu certo e fomos muito recebidos por eles.
Aeroporto Fernando de Noronha - Robson, Minervino e irmão Maurício. (Da esquerda para direita)

Quando chegamos não queríamos perder tempo, almoçamos correndo e fomos pra praia. A praia que ficava mais perto da nossa pousada era a praia dos cachorros. Naquele dia não tinha ninguém lá. O mar estava bravo e não conseguimos tomar banho, então resolvemos andar mais um pouquinho e chegamos até a praia da conceição. Havia um pescador e duas mulheres tratando as sardinhas e alimentando as catraias. O Robson curioso do jeito que é chegou perto e logo fez amizade com eles. Aí conseguimos nos divertir muito alimentando essas aves.

Eu e o Robson na praia dos cachorros.

Catraia se alimentando do peixe jogado pelo pescador. (Foto linda tirada pelo Robson)

Robson alimentando catraia

Robson com peixe pescado no anzol (segundo o pescador rsrs)


Video Robson com as catraias. Eu não me arrisquei porque estava com medo...rsrs

Logo depois pegamos um táxi (o táxi é um bugue com a "plaquinha de táxi") para ver o pôr do sol lá no porto. Foi lindo!
O principal evento da noite que costuma acontecer é a palestra do projeto Tamar. Eles passam um vídeo e depois começam a palestra. Eu estava muito cansada e dormi muuito mas o Rob prestrou atenção direitinho e se deu bem porque no outro dia quando fizemos mergulho de snorkel encontramos 2 tartarugas marinhas e ele sabia falar tudo sobre elas... uma gracinha!

Pôr do sol no porto.

3 comentários:

Aline Gonçalves disse...

Meu Deus.... quem não sonha em conhecer esse lugar!!!!
Ahhh que vontade... mas em breve..
Noronha 2010... me aguarde...hehehe
As fotos ficaram lindas!

andreia disse...

Que lindo!!! maravilhoso. meu sonho de consumo.
Quem sabe um dia...
Beijos.

Fernanda disse...

Que lindoo!!Em agosto estaremos lá!! Noronha que nos aguarde heheh!!!